SÉRIE DE VÍDEOS APRESENTA NO DIA DA BIODIVERSIDADE ESPÉCIES MARINHAS AMEAÇADAS

22-05-2019

O Dia Internacional da Biodiversidade é celebrado em 22 de maio. No Brasil, projetos socioambientais de diversas regiões estão mobilizados numa ação coletiva de divulgação em prol da conservação de biomas e espécies de fauna e flora presentes no país, algumas ameaçadas de extinção. A ação “Juntos pela Biodiversidade” poderá ser conferida nas mídias sociais de 14 projetos: Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador, Ilhas do Rio, Mantas do Brasil, Meros do Brasil, Toninhas, Pinípedes do Sul, Ponta de Pirangi, Rebimar, Tamar, Uçá e Viva o Peixe-Boi Marinho, patrocinados pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental. 

Por meio de vídeos, cada projeto de conservação marinha lançará um convite para outro projeto falar sobre as espécies com as quais trabalha, abordando curiosidades, status de conservação, as principais ameaças e o que esperam para o futuro. Eles serão publicados a partir das 8h30 do dia 22 de maio nas redes sociais de cada projeto, acompanhados de #JuntospelaBiodiversidade.

O termo “biodiversidade” é definido como um conjunto de todas as espécies de seres vivos existentes na biosfera. De acordo com informações do Ministério do Meio Ambiente, o Brasil detém a maior biodiversidade do planeta. O país possui mais de 20% do número total de espécies da Terra. São 8,5 milhões de quilômetros quadrados formados por diferentes biomas: Floresta Amazônica (maior floresta tropical úmida do mundo); Pantanal (maior planície inundável); cerrado de savanas e bosques; caatinga de florestas semiáridas; campos dos Pampas; e a floresta tropical pluvial da Mata Atlântica. Além disso, o Brasil possui uma costa marinha de 3,5 milhões km², que inclui ecossistemas como recifes de coral, dunas, manguezais, lagoas, estuários e pântanos. Esses biomas e ecossistemas abrigam as mais variadas espécies de flora e fauna, algumas ameaçadas de extinção, a exemplo do peixe-boi marinho, das toninhas, do albatroz, do peixe mero e de algumas espécies de corais.

Exposição apresenta Rede de Conservação Águas da Guanabara

Entre os participantes da ação conjunta #JuntospelaBiodiversidade, estão os projetos Coral Vivo, Ilhas do Rio, Meros e Uçá, que também integram a Redágua – Rede de Conservação Águas da Guanabara – juntos com o Projeto Guapiaçu Grande Vida. Por meio de exposição fotográfica no Parque das Águas, em Niterói (RJ), eles apresentam espécies e paisagens que fazem parte de suas pesquisas e ações educativas voltadas para a recuperação e preservação da Baía de Guanabara e entorno, no Rio de Janeiro. Ficará em cartaz até o dia 14 de junho, das 8h às 18h de segunda a sexta, e entre 8h e 17h aos sábados, domingos e feriados. O endereço é Rua Professor Valdemir Alves Machado S/N.

Projeto UÇÁ - © 2019