Circuito ambiental leva diversão e sensibilização à praia de Itaipu nesta sexta

22-02-2019

Os moradores de Niterói poderão contar com uma programação muito animada e engajada na manhã desta sexta-feira (22/02). Das 9 às 12h, ocorrerá um Circuito Ambiental na praia de Itaipu, promovido pelo Projeto UÇÁ, iniciativa da ONG Guardiões do Mar, com o patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. A ação, que irá abordar o bioma marinho, é realizada em parceria com os pescadores de Itaipu, o Projeto Aruanã, a Lage Caiçara, o Museu de Arqueologia de Itaipu, o Clube Claudia Alves e outros grupos e agentes locais.

Além de proporcionar diversão para todas as faixas etárias, por meio de diversas atividades lúdicas e interativas, a ação tem como objetivo sensibilizar a população sobre a importância da conservação dos ecossistemas costeiros.

O Circuito terá inicio no Museu de Arqueologia de Itaipu, onde os visitantes receberão informações sobre a história local e, em seguida, serão conduzidos à praia. Lá, encontrarão estandes, que fornecerão orientações sobre a questão da biodiversidade da região, os impactos que os organismos marinhos estão sofrendo com a poluição, entre outros dados.

No percurso, o público terá ainda a oportunidade de observar de perto diversos animais, como peixes e ouriços-do-mar, da Reserva Extrativista Marinha de Itaipu (Resex), que serão expostos em um tanque. O Projeto UÇÁ também exibirá organismos in vitro e o Projeto Aruanã levará tartarugas marinhas.

Para as crianças, haverá diversas atividades lúdicas, nas quais poderão se divertir e aprender a cuidar melhor do meio ambiente. Elas poderão, por exemplo, interagir com uma sereia, que estará em meio ao “lixo” para falar da importância da preservação ambiental.

As atividades do Circuito contarão com intérprete de Libras, recursos para deficientes visuais e profissionais treinados para atender pessoas com diversidade intelectual. O objetivo é proporcionar uma educação ambiental inclusiva. 

A equipe que coordena a Operação Limpa Oca, do Projeto UÇÁ, também estará presente para orientação e realização da coleta de resíduos que impactam praias, costões, manguezais e o ambiente marinho em geral.

“Com pequenas iniciativas a gente vai somando com tantas outras e formando uma ‘colcha’ de ações. Se em cada lugar, cada ponto, ocorrer uma ação parecida, talvez com o tempo, conseguiremos ter um resultado mais efetivo em relação à sensibilização da população para os cuidados diários com a separação dos resíduos sólidos e na redução do consumo excessivo, por exemplo”, afirma uma das organizadoras do evento, a bióloga e educadora ambiental Helensandra Costa.

O presidente da ONG Guardiões do Mar e coordenador nacional do Projeto UÇÁ, Pedro Belga, adiantou que essa será uma ação continuada, que ocorrerá mensalmente na praia de Itaipu.

Ele falou sobre a relevância da ação: “Essa atividade é uma forma prática de educação ambiental. É uma expectativa do Projeto UÇÁ de mobilizar a sociedade para mudança de olhar e consequentemente de comportamento para o ambiente marinho. A ideia é levar ao público a importância da conservação dos ecossistemas costeiros. Nosso foco é o manguezal, mas a praia é um ambiente que precisa ser cuidado tanto quanto, e os dois estão intimamente ligados, porque a praia é a sequência do manguezal na maioria dos ambientes. O nosso propósito é sempre disseminar conceitos e boas práticas para o conceito de lixo zero”, finaliza.

Projeto UÇÁ - © 2019